Please use this identifier to cite or link to this item: http://ric.cps.sp.gov.br/handle/123456789/9748
Title: O perfil alimentar de docentes no município de São Paulo após o retorno as aulas presenciais
Other Titles: The dietary profile of teachers in the city of São Paulo after returning to face-to-face classes
Authors: GOMES, Ananda Emilly Silva
OLIVEIRA, Juliana Moura de
DOMINGUES, Luíza Gomes
OLIVEIRA, Nathalie Silva de
metadata.dc.contributor.advisor: BARBOSA NETO, Amanda
metadata.dc.contributor.other: MENDES, Alice Coca Cristina Coca
SANTOS, Elizabeth Alexandre dos
LOUSADA, Natália Oliveira
metadata.dc.type: Artigo científico
Keywords: Alimentos industrializados;Pandemias
Issue Date: 1-Jul-2022
Publisher: 238
Citation: O perfil alimentar de docentes no município de São Paulo após o retorno as aulas presenciais, 2022. Trabalho de conclusão de curso (Curso Técnico em Nutrição e Dietética) - Escola Técnica Estadual ETEC Irmã Agostina (Jardim Satélite - São Paulo), São Paulo, 2022.
Abstract: O professor é um profissional essencial para a sociedade, neste ofício é necessário responsabilidade e comprometimento, dessa forma vimos que é importante ter uma boa saúde pois, há uma demanda física e psíquica e a alimentação inadequada pode influenciar de forma negativa. Com a pandemia do COVID-19, hábitos foram influenciados pelo distanciamento social. Este trabalho tem como objetivo avaliar o perfil alimentar dos professores do município de São Paulo após o retorno as aulas presenciais. O estudo foi realizado com os docentes de uma escola técnica estadual e de universidade. Os professores preencheram um questionário estruturado e que continha perguntas sobre consumo alimentar intitulado de questionário de frequência alimentar (QFA) que dividia os alimentos em dois grandes grupos intitulados “grupo de fibras” e “grupo de gorduras”. Participaram desse estudo 16 professores, sendo 04 do sexo masculino e 12 do sexo feminino. Os resultados revelam que na pandemia o consumo de ultra processados se intensificou negativamente. A análise demonstra que 50% dos docentes estavam em sobrepeso e apontou um consumo excessivo de gorduras em ambos os sexos. Conclui-se a importância de promover orientação nutricional aos docentes com o intuito de proporcionar mudanças positivas em sua alimentação e uma boa qualidade de vida.
The teacher is a very important professional in society, who requires responsibility and commitment, this requires having good health because it demands great physical and psychological efforts, which can negatively influence food. Individual habits were completely modified as a result of this social distancing, leading to harmful habits in terms of food. This work aims to evaluate the dietary profile of teachers in the city of São Paulo after the pandemic. The study was carried out with teachers from a technical school and an academic unit. Teachers completed a food frequency questionnaire (FFQ) through a link sent to them by our advisor. 16 teachers participated in this study, 04 male and 12 female. The results reveal that in the pandemic, the consumption of ultra-processed foods intensified negatively, causing poor diet. The analysis shows that 50% of the teachers were overweight daily and pointed to an excessive consumption of fats, dietary fiber and sucrose of both sexes. It is important to promote nutritional guidance to teachers in order to provide positive changes in their diet and a good quality of life.
URI: http://ric.cps.sp.gov.br/handle/123456789/9748
Appears in Collections:Trabalhos de Conclusão de Curso



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.