Please use this identifier to cite or link to this item: http://ric.cps.sp.gov.br/handle/123456789/5069
Title: Agronegócio e seus reflexos econômicos
Other Titles: Agribusiness and its economic reflexes
Authors: HATANO, Nicoli Carolini de Lázari
SALERNO, Tiago
metadata.dc.type: Artigo científico
Keywords: Agronegócio;Desenvolvimento
Issue Date: 2019
Publisher: 275
Citation: HATANO, Nicoli Carolini de Lázari; SALERNO, Tiago. Agronegócio e seus reflexos econômicos. RGE - Revista de Gestão e Estratégia. Assis, v.1, n.1, 2019. Disponível em: AGRONEGÓCIO-E-SEUS-REFLEXOS-ECONÔMICOS.pdf. Acesso 19 de maio de 2021.
Series/Report no.: Revista de Gestão e Estratégia - RGE; v.1, n.1, 2019
Abstract: Este estudo teve como objetivo analisar a importância do agronegócio no Brasil. Especificamente, buscou-se apresentar uma breve evolução do agronegócio no país, identificar a evolução do PIB do agronegócio e apontar contribuições do agronegócio para a balança comercial e o mercado de trabalho. Foi realizada uma análise de dados secundários associados ao agronegócio, ao PIB, à balança comercial e ao mercado de trabalho. Estes dados foram obtidos por meio do Cepea/Esalq-USP, Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços e RAIS. Foi possível apresentar uma breve evolução do agronegócio no Brasil, desde a autossuficiência da agricultura até o surgimento de diversos segmentos, como insumos, indústria e serviços. Observou-se que entre 2007 e 2017 o saldo da balança comercial brasileira cresceu e o agronegócio contribuiu para este crescimento. O PIB do agronegócio cresceu 26% no período em questão. Em 2017 o número de pessoal ocupado representou quase 20% do total de ocupados do país. Foi possível perceber o quanto este setor é importante para economia do país. Todavia, existem fragilidades, como a alta dependência de serviços de transportes. Tais fragilidades devem ser superadas para que o setor possa aumentar sua eficiência e contribuir ainda mais para a economia brasileira.
ABSTRACT This study aimed to analyze the importance of agribusiness in Brazil. Specifically, we aimed to present a brief evolution of agribusiness in the country, to identify the evolution of agribusiness GDP, and to point out agribusiness contributions to the trade balance and the labor market. An analysis of secondary data related to agribusiness, GDP, trade balance and labor market was carried out. These data were obtained through Cepea / Esalq-USP, Ministry of Industry, Foreign Trade and Services, and RAIS. It was possible to present a brief evolution of agribusiness in Brazil, from the self-sufficiency of agriculture, to emergence of several segments, such as inputs, industry and services. It was observed that between 2007 and 2017 the Brazilian trade balance grew, and agribusiness contributed to this growth. Agribusiness GDP grew by 26% in the period in question. In 2017 the number of employed represented almost 20% of the country's total employed population. It was possible to perceive how important this sector is to the country's economy. However, there are weaknesses, such as high dependence on transport services. Such weaknesses must be overcome so that the sector can increase its efficiency and contribute even more to the Brazilian economy.
URI: http://ric.cps.sp.gov.br/handle/123456789/5069
ISSN: 2674-6743
Appears in Collections:Artigos de Periódicos do CPS

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
AGRONEGÓCIO-E-SEUS-REFLEXOS-ECONÔMICOS.pdf724.25 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.