Please use this identifier to cite or link to this item: http://ric.cps.sp.gov.br/handle/123456789/5074
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.authorGIGLIO, Ernesto Michelangelo-
dc.contributor.authorPELEGRINI, Antonio Luiz-
dc.date.accessioned2021-05-20T16:51:07Z-
dc.date.available2021-05-20T16:51:07Z-
dc.date.issued2019-
dc.identifier.citationGIGLIO, Ernesto Michelangelo; PELEGRINI, Antonio Luiz. Interdependência e relações em rede de transporte. RGE - Revista de Gestão e Estratégia. Assis, v.1, n.1, 2019. Disponível em: INTERDEPENDÊNCIA-E-RELAÇÕES-EM-REDE-DE-TRANSPORTES.pdf. Acesso em: 20 de maio de 2021.pt_BR
dc.identifier.issn2674-6743-
dc.identifier.urihttp://ric.cps.sp.gov.br/handle/123456789/5074-
dc.description.abstractO objetivo do trabalho é apresentar e discutir questões da interdependência entre seus participantes, seu desenvolvimento e operações. Como base teórica utilizam-se conceitos de redes nas quais os participantes tornam-se atores centrais aceitos e legitimados por suas ações, como intermediários entre compradores, fornecedores e aduana. A proposição orientadora é que a existência de um ator central, cuja centralidade foi obtida por influência social e posse de recursos e não por legitimidade de atuação, origina conflitos e jogos de poder. Apresentam dados da rede logística portuária paulista, principalmente processos de transporte a granel. Através de pesquisa concluiu-se que a afirmativa se mantém, pois a associação, ator central, que opera na área e praticamente monopoliza o negócio, ocupou espaço a partir de ligações políticas, gerando disputas de poder. Contribui ao apresentar evidencias que o equilíbrio e assimetrias de uma rede de negócios estão relacionados à posição e à legitimidade dos atores centrais.pt_BR
dc.description.abstractABSTRACT The objective of this article is to present and discuss the interdependence, between the participants, development and operations. Theoretical basis are used networking concepts that gives meaning and direction to the business actions as intermediaries between buyers, suppliers and customs agencies. The guiding proposition is that the existence of a central actor, whose centrality was obtained by social influence and possession of resources and not for actions legitimacy, causes conflicts and power games. This article presents network port logistics, especially the processes of grains transport. Through research it was concluded that the statement keeps, because the association of carriers operating in the area and pratically monopolizes the business, is a central actor who occupied vacant space from political connections; generating power struggles. This study contributes too by presenting evidence that the balance and asymmetry of a business network are related to the position and the legitimacy of the central actorspt_BR
dc.description.sponsorshipCurso Superior de Tecnologia em Gestão Comercialpt_BR
dc.language.isopt_BRpt_BR
dc.publisher275pt_BR
dc.relation.ispartofseriesRevista de Gestão e Estratégia - RGE;Vol. 1 | Nº. 1 | Ano 2019-
dc.subjectLogísticapt_BR
dc.subject.otherGestão e Negóciospt_BR
dc.titleInterdependência e relações em rede de transporte.pt_BR
dc.title.alternativeInterdependence and relationships in the transport network.pt_BR
dc.typeArtigo científico-
Appears in Collections:Artigos de Periódicos do CPS

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
INTERDEPENDÊNCIA-E-RELAÇÕES-EM-REDE-DE-TRANSPORTES.pdf423.93 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.