Please use this identifier to cite or link to this item: http://ric.cps.sp.gov.br/handle/123456789/6223
Title: Hábitos alimentares e ingestão de nutrientes em idosos
Other Titles: Eating habits and nutrient intake in the elderly
Authors: SILVA, Cauê A.
LIMA, Isabella S.
CAMPOS, Lidia
NASCIMENTO, Rafaela F.
SILVA, Roseane S. Da
metadata.dc.contributor.advisor: SANTO, Marcela Nunes
CAFEO, Victoria Ramires
metadata.dc.type: Monografia
Keywords: Açúcar;Frutas;Hábitos alimentares;Legumes;Nutrição do idoso;Nutrientes;Pesquisa bibliográfica
Issue Date: 2020
Publisher: 238
Citation: SILVA, Cauê A.; LIMA, Isabella S.; CAMPOS, Lídia; NASCIMENTO, Rafaela F.; SILVA, Roseane S. Da. Hábitos alimentares e ingestão de nutrientes em idosos , 2020. Trabalho de conclusão de curso (Curso Técnico Nutrição Dietética) - Escola Técnica Estadual ETEC Irmã Agostina (Jardim Satélite - São Paulo), São Paulo, 2020.
Abstract: Sabemos que a expectativa de vida da população idosa, tende a crescer a cada ano que se passa, e entre eles existe uma prevalência inadequada no consumo de alguns nutrientes. Orientar os idosos para que tenham uma alimentação saudável e adequada respeitando suas autonomias e disponibilidade de alimentos. Foram realizados estudos através de pesquisas bibliográficas encontrados na base de dad Scientific Eletronic Library (SCIELO) e pesquisa qualitativa desenvolvida pelo grupo na base dados Google Forms. A pesquisa foi desenvolvida para idosos maiores de 60 anos. 15 responderam, todos residentes na cidade de São Paulo, dos quais 11 foram do sexo feminino e 4 masculino. A média de idosos que fazem suas próprias compras é de 60%, os alimentos mais consumidos por eles são as proteínas de origem animal, que corresponde a 27% seguindo 17% de verduras, 13% de legumes, 11% tanto de arroz como de feijão e frutas, 6% ovos. A maioria deles fazem de 2 a 3 refeições diárias, e 60% utilizam açúcar diariamente. Os idosos têm conhecimento do que é alimentação saudável, porém alimentam-se de forma inadequada, foram observados alto consumo de macronutrientes de origem animal.
We know that the life expectancy of the elderly population tends to grow with each passing year, and among them there is an inadequate prevalence in the consumption of some nutrients. Guide the elderly so that they have a healthy and adequate diet, respecting their autonomy and food availability. Studies were carried out through bibliographic research found in the Scientific Electronic Library (SCIELO) database and qualitative research developed by the group in the Google Forms database. The survey was developed for seniors over 60 years of age. 15 responded, all residents of the city of São Paulo, of which 11 were female and 4 male. The average of elderly people who make their own purchases is 60%, the foods most consumed by them are animal proteins, which corresponds to 27%, followed by 17% of vegetables, 13% of vegetables, 11% of both rice and rice. beans and fruits, 6% eggs. Most of them eat 2-3 meals a day, and 60% use sugar daily. The elderly are aware of what is healthy eating, but they eat inadequately, and high consumption of macronutrients of animal origin was observed.
URI: http://ric.cps.sp.gov.br/handle/123456789/6223
Appears in Collections:Trabalhos de Conclusão de Curso

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Hábitos alimentares e Ingestão de Nutrientes em Idosos.pdf
  Restricted Access
274.91 kBAdobe PDFView/Open Request a copy


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.