Please use this identifier to cite or link to this item: http://ric.cps.sp.gov.br/handle/123456789/6053
Title: Desenvolvimento e caracterização de tinta condutora com o polímero polianilina sal esmeraldina (PANI-ES)
Other Titles: Development and characterization of conductive paint with the polyaniline emeraldine salt polymer (PANI-ES)
Authors: OLIVEIRA, Cristina
RIBEIRO, Gabriel Rubio Alves
SANTOS, Isabelle Cristina Zuluaga da Silva
metadata.dc.contributor.advisor: BARROS, Alexandre de Jesus
metadata.dc.type: Artigo científico
Keywords: Células solares;Energia elétrica;Energia solar;Pigmentos;Polímeros;Sistemas fotovoltaicos;Tintas
Issue Date: 2017
Publisher: 238
Citation: OLIVEIRA, Cristina; RIBEIRO, Gabriel Rúbio Alves; SANTOS, Isabelle Cristina Zuluaga da Silva. Desenvolvimento e caracterização de tinta condutora com o polímero polianilina sal esmeraldina (PANI-ES), 2017. Trabalho de conclusão de curso (Curso Técnico em Química) - Escola Técnica Estadual ETEC Irmã Agostina (Jardim Satélite - São Paulo), São Paulo, 2017.
Abstract: As células fotovoltaicas, geradoras de energia elétrica a partir da luz solar, constituem atualmente um importante agente para suprir a demanda energética global. Considerando os seus pontos negativos e dificuldades de aplicação de sua tecnologia em larga escala, foi-se então levada adiante, a perspectiva de adaptar suas propriedades de geração energéticas em outros meios. A partir dessa perspectiva, foi-se idealizada a tinta fotovoltaica, uma tinta que utiliza um polímero condutor, a Polianilina (PAni), como o meio que irá viabilizar o percurso de elétrons pela superfície na qual for aplicada. Possibilitando assim que seja feita uma caracterização do polímero e constatar sua praticidade, utilizando o mesmo em conjunto com um solvente compatível para o fim esperado. Por meio desse planejamento, foi possível, além de testar a aplicação da tecnologia, possibilitou a confirmação do uso de um polímero condutor para tal fim, podendo sintetizá-lo e utilizá-lo o na tinta, que poderá ser posteriormente material para maior desenvolvimento e análise.
Photovoltaic cells, which generate electricity from sunlight, are currently an important agent for supplying global energy demand. Considering its negative points and difficulties of application of its technology in large scale, it was then carried out, the perspective of adapting its properties of energetic generation in other means. From that perspective, the photovoltaic ink was conceived; an ink that uses a conductive polymer, in this case the Polyaniline (PAni), the means being that will enable this electric current to be generated to be traversed by the layer of paint on a certain surface. Thus enabling a characterization of the polymer and verify its practicality, using the same in conjunction with a compatible solvent for the expected purpose. Through this planning, it was possible, in addition to testing the application of the technology, allowed the confirmation of the use of a conductive polymer for this purpose, being able to synthesize and use it in the paint, which could later be material for further development and analysis.
URI: http://ric.cps.sp.gov.br/handle/123456789/6053
Appears in Collections:Trabalhos de Conclusão de Curso

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TINTA CONDUTORA POLIANILINA.pdf
  Restricted Access
837.17 kBAdobe PDFView/Open Request a copy


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.