Please use this identifier to cite or link to this item: http://ric.cps.sp.gov.br/handle/123456789/6020
Title: Biossorção de cobre (II) e ferro (III) com borra de café.
Other Titles: Copper (II) and iron (III) biosorption with coffee grounds.
Authors: FLORES, Isabella
TIBOLLA, Isabella
MATOS, Hugo
FLORES, Ligia
WEISHEIMER, Luiz
MONTANHER, Vanessa
metadata.dc.contributor.advisor: AGUIAR, Fábio Rizzo de
metadata.dc.type: Artigo científico
Keywords: Absorção;Biomassa;Café;Cobre;Laboratórios químicos;Metais pesados;Precipitação;Tratamento de resíduos
Issue Date: 2017
Publisher: 238
Citation: FLORES, Consuelo; TIBOLLA, Isabella; MATOS, Hugo; FLORES, Ligia; WEISHEIMER, Luiz; MONTANHER, Vanessa. Biossorção de cobre (II) e ferro (III) com borra de café, 2017. Trabalho de conclusão de curso (Curso Técnico em Química) - Escola Técnica Estadual ETEC Irmã Agostina (Jardim Satélite - São Paulo), São Paulo, 2017.
Abstract: Os resíduos gerados em laboratórios de ensino podem conter metais pesados e estes podem causar danos à saúde humana e ao meio ambiente. Dentre os métodos alternativos de tratamento encontra-se a biossorção que é uma técnica onde determinadas biomassas vegetais são empregadas na retenção e remoção de metais de um ambiente líquido. Com isso, esse trabalho teve o objetivo de analisar o potencial da borra de café como biossorvente dos cátions Fe3+ e Cu2+ para posteriores aplicações no tratamento de resíduos laboratoriais. Os ensaios foram realizados separadamente para cada cátion, ambos foram realizados com sistemas em repouso e sob agitação por um período de 24 horas. Foi utilizado o método de complexação do Cu2+ com o hidróxido de amônio, e do Fe3+ com ácido salicílico. As fases líquidas restantes após a filtração em cada ensaio foram analisadas via espectrofotometria de absorção molecular para quantificação de ferro (III) e cobre (II) biossorvidos. Percebeu-se uma maior eficácia dos sistemas em repouso na remoção desses cátions no meio líquido comparados aos sistemas em agitação. Constatou-se também que a biossorção mostrou-se mais favorável para o cátion Fe3+.
Waste generated in teaching laboratories may contain heavy metals and these can cause harm to human health and the environment. Among the alternative methods of treatment is biosorption which is a technique where certain plant biomasses are used in the retention and removal of metals from a liquid environment. The objective of this work was to analyze the potential of the coffee grounds as biosorbent of the Fe3+ and Cu2+ cations for further applications in the treatment of laboratory residues. The tests were performed separately for each cation, both were performed with systems at rest and under agitation for a period of 24 hours. The Cu2+ complexation method was used with ammonium hydroxide, and Fe3+ with salicylic acid. The liquid phases remaining after filtration in each assay were analyzed by molecular absorption spectrophotometry for quantification of iron (III) and copper (II) biosorbides. It was found a higher efficiency of the resting systems in the removal of these cations in the liquid medium compared to the agitated systems. It was also found that the biosorption was more favorable for the Fe3+ cation.
URI: http://ric.cps.sp.gov.br/handle/123456789/6020
Appears in Collections:Trabalhos de Conclusão de Curso

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
BORRA DE CAFÉ.pdf
  Restricted Access
1.08 MBAdobe PDFView/Open Request a copy


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.