Please use this identifier to cite or link to this item: http://ric.cps.sp.gov.br/handle/123456789/5566
Title: Curación - Tradição que cura: Gel fitoterápico cicatrizante com base no Chenopodium Ambrosioides l. e Rosmarinus Officinalis l.
Other Titles: Curación - Tradition that heals: Healing cytotherapeutic gel based on Chenopodium Ambrosioides l. and Rosmarinus officinalis l.
Authors: REIS, Eurivani Silva
DIAS, Larissa Correa
SANTOS, Laura Souza
BRANDÃO, Paloma Santos
SANTOS, Sarah Samira Alves
metadata.dc.contributor.advisor: SANT'ANA, Fernanda Caroline Bernardo
GUEDES, Felipe Rafael
metadata.dc.type: Monografia
Keywords: Farmácia;Medicamento;Cicatriz;Alecrim;Fitoterapia
Issue Date: Jun-2019
Publisher: 199
Citation: REIS, Eurivani Silva. DIAS, Larissa Correa. SANTOS, Laura Souza. BRANDÃO, Paloma Santos. SANTOS, Sarah Samira Alves. Curación - Tradição que cura: Gel fitoterápico cicatrizante com base no Chenopodium Ambrosioides l. e Rosmarinus Officinalis l., 2019. Trabalho de conclusão de curso (Curso Técnico em Farmácia) - Escola Técnica Estadual ETEC de Cidade Tiradentes (Cidade Tiradentes - São Paulo), São Paulo, 2019
Abstract: O presente trabalho traz uma opção fitoterápica para o mercado atual, utilizando como princípio ativo o Chenopodium Ambrosioides L. popularmente chamado como erva de Santa Maria ou mastruz para cicatrização e o Rosmarinus officinalis L. denominado usualmente como alecrim como componente antibactericida. Associando-os em um gel para tratar de regeneração dérmica para cobertura cutânea de lesões cotidianas sendo eles arranhões, cortes ou queimadura e com o intuito de ser utilizado em tatuagens tendo em vista a não danificação da imagem da mesma. A escolha da fitoterápia é o contexto de ser um produto industrializado, porém de origem natural sendo um estudo sobre plantas, para o uso curativo de diversas doenças, sendo praticada a utilização da planta como um todo, sem isolar nenhuma substância. Deste modo, produzido através de técnicas farmacêuticas o medicamento fitoterápico. Planta medicinal é a espécie vegetal, cultivada ou não, utilizada com propósitos terapêuticos ou até mesmo profiláticos. A execução desse trabalho trata-se de um estudo qualitativo e quantitativo considerando-se experiências pessoais e pesquisas de campo realizadas em 29 de março de 2019, totalizado cerca de 100 pessoas. Resultados: Cerca de (54,0%) pessoas não conhecem ou nunca fizeram o uso do mastruz e nem do alecrim para tratar de lesões cutâneas. (36,0%) dos que responderam não são habituadas a terem cuidados quando se machucam. Mais da metade dos entrevistados não sabiam do mastruz como componente antimicrobiano (72,2%). Como dito antes o nosso objetivo é trazer um produto fitoterápico para cicatrização tornando-se mais acessível para pessoas com baixa renda a fim de trazer mais cuidado e conforto na hora de tratar os traumas sofridos no dia a dia.
URI: http://ric.cps.sp.gov.br/handle/123456789/5566
Appears in Collections:Trabalhos de Conclusão de Curso

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
farm_2019_1_eurivanisilva_curacion.pdf
  Restricted Access
2.42 MBAdobe PDFView/Open Request a copy


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.