Please use this identifier to cite or link to this item: http://ric.cps.sp.gov.br/handle/123456789/4971
Title: Biomateriais obtidos a partir da biomassa: uma revisão sobre a celulose e a glicose como matérias primas para materiais poliméricos
Authors: TAMURA, Caroline Sayuri
metadata.dc.contributor.advisor: HANAMOTO, Lilian Satomi
metadata.dc.type: Monografia
Keywords: Materiais poliméricos;Polímeros;Biomateriais;Biomassa
Issue Date: 2020
Publisher: 002
Citation: TAMURA, Caroline Sayuri. Biomateriais obtidos a partir da biomassa: uma revisão sobre a celulose e a glicose como matérias primas para materiais poliméricos, 2020 – Trabalho de conclusão de curso (Curso Superior de Tecnologia em Materiais) – Faculdade de Tecnologia de São Paulo, 2020.
Abstract: Neste trabalho são apresentados a obtenção da celulose e glicose a partir da biomassa lignocelulósica e a utilização destes materiais como matérias primas para a produção de materiais poliméricos. Os dados experimentais foram obtidos a partir de uma revisão bibliográfica da literatura. Estes dados estão divididos em estudos sobre a obtenção da celulose e estudos sobre a obtenção da glicose. Em relação a celulose, foram apresentados dois estudos que analisaram a composição química e morfológica das amostras após serem tratadas quimicamente com soluções alcalinas de NaOH. No primeiro estudo, utilizaram cascas de galhos de amoreira e no segundo estudo, utilizaram fibras de curauá como biomassa lignocelulósica para extração da celulose. Os resultados dos estudos mostraram a eficácia do tratamento alcalino em que houve a remoção dos componentes não-celulósicos, gerando maior acessibilidade e dispersão das fibras de celulose. Em relação a glicose, foram apresentados quatro estudos que analisaram o rendimento de glicose gerado através da hidrólise ácida com uso de H2SO4 e H3PO4 e diferentes fontes de biomassa lignocelulósica. No primeiro estudo utilizaram as fibras de cacho de dendê, no segundo e terceiro estudo utilizaram bagaço de cana de açúcar e no quarto estudo utilizaram bagaço de malte de cevada. Os resultados do primeiro estudo mostraram maiores rendimentos de 30% e 41% de glicose com concentração de 1,75% de H2SO4. No segundo estudo houve maior rendimento de glicose de 8,5 g/l com concentração de 6% de H2SO4 à 128ºC em torno de 200 minutos de reação. No terceiro estudo houve maior rendimento de glicose de 3 g/l com concentração de 6% de H3PO4 à 122ºC com 300 minutos de reação. A partir de uma comparação de modo geral, entre o segundo e o terceiro estudo, a mesma temperatura e concentração de ácido foi possível afirmar maiores rendimentos de glicose com o uso de H2SO4 comparado ao H3PO4. No quarto estudo houve maior rendimento de glicose de 4,2 g/l com concentração de ácido de 250 mg/g de H2SO4 com 22 minutos de reação.
URI: http://ric.cps.sp.gov.br/handle/123456789/4971
Appears in Collections:Trabalhos de conclusão de curso

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Caroline Sayuri Tamura.pdf1.24 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.