Please use this identifier to cite or link to this item: http://ric.cps.sp.gov.br/handle/123456789/4772
Title: Um olhar logístico na produção de um altar de muertos na Fatec de Jundiaí
Authors: AVANZI, Guilherme Carrera
CURY, Jeniffer Marcelino Furlan
ALMEIDA, Karen Cristina Martis de
metadata.dc.contributor.advisor: FERREIRA, Iolanda Lopez Castillo
metadata.dc.type: Artigo científico
Keywords: Logística;Patrimônio imaterial;Crenças populares
Issue Date: 24-Oct-2020
Publisher: 114
Citation: AVANZI, Guilherme Carrera Avanzi; CURY, Jeniffer Marcelino Furlan; ALMEIDA, Karen Cristina Martis de. Um olhar logístico na produção de um altar de muertos na Fatec de Jundiaí. 2020. Trabalho de conclusão de curso (Curso Superior de Tecnologia em Logística)- Faculdade de Tecnologia Deputado Ary Fossen, Jundiaí, 2020.
Abstract: O presente artigo analisa uma produção acadêmica cultural realizada na Fatec de Jundiaí. Este trabalho descreve uma celebração religiosa conhecida como Día de los Muertos que reúne crenças indígenas e espanholas. O Dia dos Mortos é uma das datas mais populares celebradas no México e considerado, atualmente, como elemento de identidade nacional. Esta celebração foi declarada pela UNESCO, em 2003, como Patrimônio Cultural Imaterial da Humanidade. Este estudo, inspirado nos concursos de Altares de Muertos convocados pelo Centro Estadual de Educação Tecnológica Paula Souza em parceria com o Consulado Geral do México, se centra no processo de concepção de um altar aplicando os conceitos da Logística. Neste cenário, o presente estudo tem o seguinte questionamento: é possível considerar uma obra artística materializada em um altar de mortos como um produto logístico? Deste modo, tem-se como objetivo geral identificar as operações logísticas que foram relevantes nas diferentes fases do processo de construção do projeto. A metodologia utilizada foi com base em pesquisa bibliográfica. Os resultados obtidos sugeriram que aplicar os preceitos da logística foi positivo no processo da elaboração do altar. Como desdobramento deste trabalho, constatou-se que a experiência desta montagem fez com que os envolvidos pudessem vivenciar um aspecto cultural relevante da tradição mexicana.
This article analyzes an academic cultural production carried out at Fatec in Jundiai. It describes a religious celebration known as Día de los Muertos that brings together indigenous and Spanish beliefs. Day of the Dead is one of the most popular dates celebrated in Mexico and is currently considered an element of national identity. This celebration was declared by UNESCO in 2003 as an Intangible Cultural Heritage of Humanity. This study, inspired by the Altares de Muertos contests called by the State Center for Technological Education Paula Souza in partnership with the Consulate General of Mexico, focuses on the process of designing an altar using the concepts of Logistics. In this scenario, the present study has the following question: is it possible to consider an artistic work materialized on an altar of the dead as a logistical product? Thus, the general objective is to identify the logistical operations that were relevant in the different phases of the project construction process. The methodology used was based on bibliographic research. The results obtained suggested that applying the precepts of logistics was positive in the process of elaborating the altar. As a result of this work, it was found that the experience of this montage made it possible for those involved to experience a relevant cultural aspect of the Mexican tradition.
Description: Trabalho apresentado XI Fateclog
URI: http://ric.cps.sp.gov.br/handle/123456789/4772
Appears in Collections:Trabalhos de conclusão de curso

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Guilherme Carrera Avanzi, Jeniffer Marcelino Furlan Cury e Karen Cristina Martis de Almeida.pdf
  Restricted Access
834.88 kBAdobe PDFView/Open Request a copy


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.