Please use this identifier to cite or link to this item: http://ric.cps.sp.gov.br/handle/123456789/10214
Title: Caracterização magnética e magnetoresistência de materiais nanoestruturados
Authors: NAKAMINE, Luciana Nobre
metadata.dc.contributor.advisor: MARTINS, Cezar Soares
metadata.dc.contributor.other: CASAGRANDE, Douglas
GRAF, Silvia Wapke
metadata.dc.type: Monografia
Keywords: Materiais;Materiais nanoestruturados;Materiais magnéticos
Issue Date: Aug-2022
Publisher: 002
Citation: NAKAMINE, Luciana Nobre. Caracterização magnética e magnetoresistência de materiais nanoestruturados, 2022. Trabalho de conclusão de curso (Curso Superior de Tecnologia em Materiais) - Faculdade de Tecnologia de São Paulo, São Paulo, 2022.
Abstract: Desde a descoberta da Magnetoresistência Gigante (MRG), em 1988, por Baibich et al.[1] muitos estudos se concentraram nas análises dos fenômenos exibidos por sólidos granulares devido ao seu enorme potencial para aplicação em dispositivos eletroeletrônicos da atualidade. Tais estudos permitiram o desenvolvimento de modelos teóricos que descrevem o comportamento magnético e magnetoresistivo destes sistemas a partir dos seus dados estruturais. Este trabalho investiga a relação de dependência entre os parâmetros estruturais desses precipitados granulares (nanopartículas) com a sua magnetização assim como a dependência quadrática entre a magnetorresistência gigante e a magnetização desses sistemas através do modelo teórico desenvolvido por Knobel et al.[2]. A validade do modelo foi testada ajustando-se as curvas teóricas aos dados experimentais obtidos das amostras da liga Cu80Fe5Ni15 preparadas por melt spinning e, posteriormente, submetidas ao tratamento térmico de recozimento em diferentes temperaturas.
Since the discovery of Giant Magnetoresistance (GMR) in 1988, by Baibich et al.[1] many studies have focused on the analysis of the phenomena exhibited by granular solids due to its enormous potential for application in electronic devices today. Such studies allowed the development of theoretical models that describe the magnetic and magnetoresistive behavior of these systems from their structural data. This work investigates the relationship between structural parameters of granular precipitates (nanoparticles) with their magnetization as well as the quadratic dependence between giant magnetoresistance and the macroscopic magnetization of such systems through the model developed by Knobel et al.[2]. The validity of the model was tested by fitting the theoretical curves to the experimental data obtained for Cu80Fe15Ni15 prepared by melt spinning and subsequently subjected to annealing at different temperatures.
URI: http://ric.cps.sp.gov.br/handle/123456789/10214
Appears in Collections:Trabalhos de conclusão de curso



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.